Cuidar? De Quem? De Quê? A Ética que nos Conduz

Cuidar? De Quem? De Quê? A Ética que nos Conduz

Ricardo Pimentel Méllo - Editora Appris

SINOPSE

O livro "Cuidar de quem? De quê? A ética que nos conduz", retoma um debate importante, em especial para o campo da saúde, em um minucioso estudo sobre o conceito de cuidado, tendo como interlocutores principais o filósofo francês Michel Foucault e a filósofa holandesa Annemarie Mol (esta também uma das principais articuladoras da Teoria Ator-Rede). Relaciona o debate teórico à ética e, assim, às práticas de cuidado a quem faz uso compulsivo de drogas, apontando que não sabemos cuidar de nós nem de outros se, como profissionais da saúde, somos controlados por padrões de normalidade que nos transversalizam, fazendo com que nossas ações sejam baseadas em códigos morais, deixando de cuidar para julgar, como se fôssemos virtuosos. O estudo também indica algumas condições de possibilidade para o abandono do cuidado de si e dos outros: modos de viver que se sucederam, atualizados no contemporâneo pela ênfase no sucesso e no empreendedorismo individual, afogando-nos em nós mesmos e nos esvaziando do outro. Nossas relações estão cada vez mais pertinentes ao desempenho individual e menos à solidariedade e à vida comunitária. Aumentamos amigos virtuais a quem precisamos disfarçar desempenho e a quem não podemos ser como nascemos: desamparados. Nesse mundo do desempenho e do hedonismo infindo não há lugar para a dor do desamparo ou sequer lugar para a morte, que se afasta de nós embaçada em substâncias que visam a encobrir nossas dores, assim como potencializar nossos prazeres. Esquecemo-nos que empreendedor é aquele que empreende dor, sabe-dor de que não há vida sem dor e que só podemos empreender a dor quando ela se torna parte da vida. Quando aliamos isso ao mundo da felicidade em pílulas, fecha-se esse movimento narcisista-hedonista-empreendedor. Sofrer para quê? Análise ou terapia para quê? Basta usar substâncias, sejam as advindas da indústria farmacêutica, sejam as advindas das garagens do tráfico. Por esse conteúdo acentuadamente atual, com linguagem poética, mas sem perder o rigor acadêmico, esta leitura torna-se uma excelente fonte de conhecimento e discernimento a todos que se interessam pelo tema do cuidado.

191 páginas

ler amostra agora Adicionar a lista de desejos

Você também pode gostar :)

Os títulos que podem te interessar, de acordo com suas escolhas recentes.

Liberación, un Balance Histórico Bajo el Influjo de Aparecida y Laudato Si'. El Aporte Latinoamericano de Francisco Volumen I

Liberación, un Balance Histórico Bajo el Influjo de Aparecida y Laudato Si'. El Aporte Latinoamericano de Francisco Volumen I

Vitor Hugo Mendes

A busca da compreensão hermenêutica adequada da questão da violência de gênero no Brasil

A busca da compreensão hermenêutica adequada da questão da violência de gênero no Brasil

Maíra Ribeiro de Rezende

Abordagem à Síndrome Febril Tendo a Análise do Hemograma como Ponto de Partida

Abordagem à Síndrome Febril Tendo a Análise do Hemograma como Ponto de Partida

Francisco Luzio de Paula Ramos

Pensamento negro radical

Pensamento negro radical

Saidiya Hartman,crocodilo edições,Hortense J. Spillers,Denise Ferreira da SIlva,Fred Moten,Sylvia Wynter

Perfilamento Criminal

Perfilamento Criminal

Diógenes Nunes de Mello,Nelson Bruni de Freitas,Ugo Osvaldo Frugoli

"Faltam Braços nos Campos e Sobram Pernas na Cidade": Famílias, Migrações e Sociabilidades Negras no Pós-Abolição do Rio de Janeiro (1888-1940)

"Faltam Braços nos Campos e Sobram Pernas na Cidade": Famílias, Migrações e Sociabilidades Negras no Pós-Abolição do Rio de Janeiro (1888-1940)

Carlos Eduardo Coutinho da Costa

O peso e a mídia

O peso e a mídia

Agnes Arruda

Emã e Tekoha: Territórios Indígenas e a Política Indigenista

Emã e Tekoha: Territórios Indígenas e a Política Indigenista

Éder da Silva Novak

Ay Kakyri Tama

Ay Kakyri Tama

Márcia Wayna Kambeba

O senhor do engenho

O senhor do engenho

André João Antonil

Coisa de menina?

Coisa de menina?

Maria Homem,Contardo Calligaris

História e o humanismo dialógico na obra de Paulo Freire

História e o humanismo dialógico na obra de Paulo Freire

Carlos Bauer

Serviço Social, fundamentos e tendências teóricas

Serviço Social, fundamentos e tendências teóricas

José Fernando Siqueira da Silva

Código de ética do(a) assistente social comentado

Código de ética do(a) assistente social comentado

Maria Lucia Silva Barroco,Terra Sylvia Helena

Pedagogia, sujeitos e resistências

Pedagogia, sujeitos e resistências

GLÁUCIA FIGUEIREDO

Embates políticos na fronteira setentrional do Brasil

Embates políticos na fronteira setentrional do Brasil

Victor Hugo Veppo Burgardt

Modelo para avaliação da Qualidade do Valor Ambiental Percebido

Modelo para avaliação da Qualidade do Valor Ambiental Percebido

Thamyres Oliveira Clementino

Marxismo e questão racial

Marxismo e questão racial

Marcio Farias,Silvio Almeida,Dennis de Oliveira,Alessandra Devulsky,Rosane Borges,Heleni Andrade

Racismo colonial

Racismo colonial

Cibele Henriques

Corrigir Para Quê(M)? Um Mergulho na Sala de Aula do Ensino Fundamental I

Corrigir Para Quê(M)? Um Mergulho na Sala de Aula do Ensino Fundamental I

Simone Araujo Moreira